jusbrasil.com.br
24 de Outubro de 2020
    Adicione tópicos

    MPF promove seminário sobre terrorismo e outras situações de emergência

    Objetivo do encontro é fomentar uma cultura de controle de fenômenos modernos de criminalidade, como terrorismo, violência em demonstrações públicas e atuação de facções criminosas que operam no Brasil

    Ministério Público Federal
    há 7 anos

    O Ministério Público Federal, por meio da Secretaria de Cooperação Jurídica Internacional (SCI) e a 2ª Câmara de Coordenação e Revisão (2ª CCR), promove de 7 a 9 de abril o Seminário Internacional sobre Terrorismo e Outras Situações de Emergência", em Brasília.

    Além de membros e servidores do MPF, o seminário contará com a participação de especialistas nacionais e internacionais. O objetivo do encontro é fomentar uma cultura de controle de fenômenos modernos de criminalidade, como terrorismo, violência em demonstrações públicas e atuação de facções criminosas que operam no Brasil.

    Entre os palestrantes estão integrantes da Polícia e do Ministério Público de Vancouver, os quais desenvolveram uma das mais avançadas técnicas de investigação de vandalismo de rua por meio de fotos enviadas por cidadãos. Está confirmado também Lincoln Gakins, professor de Direito Penal e Direito Processual Penal alemão. Ele é uma das maiores autoridades mundiais na pesquisa acadêmica sobre terrorismo. Confira aqui a lista de palestrantes.

    O evento permitirá uma troca de experiências sobre o combate ao terrorismo e o controle da criminalidade em grandes eventos. Será também uma oportunidade para formar um quadro de especialistas do MPF, além de aprimorar o conhecimento sobre as possibilidades de pesquisa e investigação em fontes abertas e redes sociais. Por fim, irá estreitar os laços do MPF com órgãos de segurança e inteligência, nacionais e internacionais, visando à colaboração e atuação conjunta.

    Entre os temas previstos para o seminário estão: direitos humanos, terrorismo e demonstrações públicas; conceito de terrorismo - consenso internacional; financiamento do terrorismo; legislação comparada e projeto de lei brasileiro; o novo papel do Ministério Público no contraterrorismo; experiências de investigação e persecução exitosas; ciberterrorismo; atuação das facções criminosas; investigação com fontes abertas; situações de emergência diversas do terrorismo; cooperação jurídica internacional; vandalismo em demonstrações públicas; e violência nos estádios e entre torcidas - hooliganismo. Foram convidados para palestrar no seminário membros do MPF, pesquisadores e especialistas da Alemanha, Argentina, Canadá, Espanha, Estados Unidos e Reino Unido.

    Secretaria de Comunicação Social

    Procuradoria Geral da República

    (61) 3105-6404/6408

    [email protected]

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)