jusbrasil.com.br
20 de Fevereiro de 2020
    Adicione tópicos

    #RetrocessoAmbientalNão: MPF reúne especialistas para debates no Dia do Meio Ambiente

    Flexibilização do processo de licenciamento ambiental é tema destaque nas mesas de debates

    Ministério Público Federal
    há 3 anos

    A Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público Federal (4CCR/MPF) realiza o Seminário #RetrocessoAmbientalNão para marcar o Dia do Meio Ambiente, comemorado na próxima segunda-feira (5). O evento, aberto ao público, conta com uma série de debates a partir das 14h, no Memorial do MPF, na Procuradoria-Geral da República, em Brasília.

    Especialistas, organizações ambientais e membros do MPF atuantes na temática discutirão temas nas seguintes mesas: Licenciamento Ambiental - os riscos do retrocesso; Perigos da MP 759; Redução das Unidades de Conservação; Flexibilização do Controle de Agrotóxicos; Projeto Conexão Água. O seminário contará com a presença do ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho (a confirmar); do presidente do ICMBio, Ricardo Soavinski, além de pesquisadores, especialistas e representantes do organizações não governamentais.

    Os interessados em participar podem se inscrever por e-mail com envio de mensagem para [email protected] As vagas estão limitadas à capacidade do auditório. Os debates também podem ser acompanhados pela TV MPF, que transmitirá o evento ao vivo.

    Na sexta-feira (2), o Ministério Público Federal promoverá tuitaço para sensibilizar a população e tirar dúvidas sobre o tema. A mobilização acontece a partir de 11h, com a hashtag #RetrocessoAmbientalNão. Siga-nos no Ttwitter: @MPF_PGR!

    Seminário #RetrocessoAmbientalNão
    5 de junho, segunda-feira, às 14h
    Memorial do MPF, Procuradoria Geral da República – Brasília
    Inscrições por e-mail: [email protected]


    Secretaria de Comunicação Social
    Procuradoria-Geral da República
    (61) 3405-6406 / 6415
    [email protected]
    facebook.com/MPFederal
    twitter.com/mpf_pgr




    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)