jusbrasil.com.br
28 de Novembro de 2021
    Adicione tópicos

    Página especial do MPF divulga detalhes do acordo sobre impactos do naufrágio do navio Haidar

    Objetivo é que a sociedade possa entender o acordo e acompanhar o cumprimento das obrigações

    Ministério Público Federal
    há 4 anos

    O Ministério Público Federal (MPF) publicou uma página especial na internet para detalhar informações sobre o acordo relativo aos impactos socioambientais do naufrágio do navio Haidar em Barcarena (PA). O microsite pode ser acessado em www.mpf.mp.br/pa/haidar .

    Homologado em fevereiro pela Justiça Federal, o acordo foi firmado entre MPF, Ministério Público do Estado do Pará, Defensoria Pública do Estado do Pará, Defensoria Pública da União, Estado do Pará, município de Barcarena, União e empresas responsáveis pelo porto, pela carga e pelo navio.

    O naufrágio, com uma carga de cinco mil bois vivos, ocorreu em outubro de 2015. O acordo determinou que R$ 7,6 milhões serão destinados às famílias atingidas pelo acidente, e R$ 3 milhões serão destinados ao custeio de projetos comunitários de assistência social e educacional, como pagamento pelos danos coletivos.

    A página apresenta detalhes sobre as indenizações individuais e a indenização coletiva, relação de todas as famílias indenizadas – incluindo listas divididas por comunidades –, e informações relativas à remoção da embarcação e ao monitoramento ambiental do local de destinação das carcaças, além de dados sobre as discussões para o aperfeiçoamento da atividade de embarque de carga viva.

    Ministério Público Federal no Pará
    Assessoria de Comunicação
    (91) 3299-0148 / 3299-0212 / 98403-9943 / 98402-2708
    prpa-ascom@mpf.mp.br
    www.mpf.mp.br/pa
    www.twitter.com/MPF_PA
    www.facebook.com/MPFederal
    www.youtube.com/canalmpf

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)